Internamento Agudos

Acesso a Internamento

Assegura o tratamento de curta duração de doentes que não possam obter resposta suficiente em tratamento ambulatório, quer pela natureza e/ou intensidade dos sintomas necessitar de tratamento intensivo sob cuidados permanentes, quer pela eventual inexistência de suporte adequado no exterior.
A opção pelo internamento é tomada se for considerada necessária após observação por um médico psiquiatra no serviço de urgência ou em consulta programada, pressupondo sempre a constatação de que o tratamento ambulatório seja insuficiente ou inadequado.

Carregue para aceder: Lei da Saúde Mental