28/07/2021

O portal www.saudemental.pt foi renovado

SAUDEMENTAL.PT  Somos Psiquiatras, Médicos de Família, Psicólogos e Enfermeiros. Este portal é desenhado como um espaço de informação clara e compreensível, em língua portuguesa e para a população em geral sobre a Saúde Mental.   O portal www.saudemental.pt é construído por técnicos de saúde mental do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa - psiquiatras, psicólogos e enfermeiros, em parceria com médicos de medicina geral e familiar, que reúne diferentes recursos sobre Saúde Mental, com informação clara e compreensível, em língua portuguesa e para a população em geral. É um projecto de literacia que existe desde 2016 mas este ano foi totalmente renovado, os conteúdos revistos e reformulados e tem agora um “novo visual”.   Com a pandemia, a Saúde Mental tornou-se um tema cada vez mais debatido e alvo de interesse pela população em geral. Torna-se por isso cada vez mais importante promover a divulgação de informação fidedigna, acessível e baseada em ciência. Assim, o www.saudemental.pt reúne diferentes recursos sobre diferentes temas, que vão desde o sono, alimentação, meditação e sexualidade, a perturbações mentais como Depressão, Doença Bipolar, Psicoses. Há também um separador com informações sobre como e onde pedir ajuda. É também um recurso de psicoeducação que pode ser explorado em contexto de consulta e tem disponíveis para download alguns folhetos informativos sobre temas como Depressão, Perturbação Bipolar, Perturbação Obsessivo-Compulsiva, Benzodiazepinas, etc.   Visitem-nos também no Facebook e Instagram @saudemental.pt       ler mais 
27/07/2021

Protocolos de cooperação com o CHOeste

Foram celebrados dois protocolos de cooperação entre o Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa (CHPL)  e o Centro Hospitalar do Oeste (CHOeste) que visam facilitar e agilizar o acesso dos Utentes às consultas médicas e exames complementares de diagnóstico e terapêutica no âmbito da psiquiatria e saúde mental. Nos últimos anos o CHPL, através do Núcleo de Intervenção Comunitária de Torres Vedras (NIC - Torres Vedras), tem vindo a assegurar a prestação de cuidados de saúde mental em internamento e em ambulatório à população da área geográfica do CHOeste. Com a alteração do estatuto jurídico do CHOeste em 2018 e a contratação de um maior número de médicos psiquiatras, foi exequível implementar um novo modelo de funcionamento, mais eficiente, complementar e integrado. Neste sentido, está a decorrer a transferência progressiva da prestação de cuidados de psiquiatria e de saúde mental que tem vindo a ser assegurada pelo CHPL para o CHOeste, abrangendo a  população dos concelhos de Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã. Para além deste protocolo, foi também firmado um acordo que permite aos utentes da 
Unidade Comunitária de Psiquiatria e Saúde Mental de Torres Vedras (Psiquiatria Comunitária) do CHPL a realização de exames complementares de diagnóstico e terapêutica das especialidades de Patologia Clínica, Imagiologia e Cardiologia na Unidade de Torres Vedras do CHOeste.       ler mais 
26/07/2021

Newsletter Saúde Mental do SNS

A Newslteter n.º 4 sobre saúde mental foca-se na saúde mental da infância e da adolescência, pretendendo divulgar alguns projetos em curso em Portugal, abrangendo a organização de serviços ou as dimensões da promoção e prevenção.

O Diretor do Programa Nacional de Saúde Mental, Miguel Xavier, sublinha que “a saúde mental das crianças e adolescentes deve ser considerada como uma área absolutamente crucial das políticas em curso numa sociedade, não só a nível dos sistemas de saúde, mas igualmente no que se refere à educação, à proteção social e à defesa dos direitos humanos”.

Neste sentido, no Editorial da Newsletter, Miguel Xavier defende que o investimento na promoção da saúde e na prevenção da doença “tem um retorno tanto maior em termos de resultados quanto mais cedo for implementado na vida das crianças e adolescentes”. O que poderá evitar “um número considerável de problemas anos mais tarde”.

A saúde mental da infância e da adolescência constitui um “pilar essencial” do Plano Nacional de Saúde Mental. “A ligação à comunidade e a articulação com outras estruturas fora do universo do Serviço Nacional de Saúde (escolas, autarquias, associações não-governamentais, etc.) correspondem a um funcionamento há muito enraizado no trabalho de todos os profissionais deste campo e são sem dúvida um excelente exemplo para todos nós”, considera Miguel Xavier.

Para consultar as newsletter anteriores aceda aqui ler mais